Laudo de vistoria para consórcio: entenda como funciona

Muitos bens podem ser adquiridos por meio de um consórcio, incluindo os automóveis, pelo consórcio de veículo.

Segundo dados divulgados pela B3, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), mais 600 mil veículos foram adquiridos em 2020 por meio de um consórcio de auto.

Essa prática popular é constituída de várias etapas e exigências que devem ser seguidas à risca para que o bem do consorciado possa ser adquirido em boa qualidade.

Uma dessas etapas é a vistoria, obrigatória em consórcio de carros. Para compreender melhor sobre o que é esse processo e qual a validade do laudo para o consorciado, confira as informações abaixo.

 O laudo de vistoria consórcio ajuda a garantir o veículo em bom estado | Foto: Unsplash

O que é o laudo de vistoria? 

Ao ser contemplado em um consórcio de veículo, o consorciado tem liberdade para escolher as características de seu bem, de acordo com sua preferência de cor, modelo, marca e ainda se o carro será novo ou usado.

No caso de um veículo seminovo, normalmente com menos de cinco anos de utilização, será obrigatória a realização de uma vistoria no bem escolhido antes de adquiri-lo. 

Essa vistoria acontece sempre que um veículo passa por uma mudança de proprietário, ou sofre alterações de endereço ou de cor, por exemplo.

No consórcio de carros seminovos, deve acontecer uma inspeção no veículo escolhido pelo consorciado, para garantir que ele cumpra os requisitos de segurança, de manutenção e que se adeque às necessidades e expectativas de quem agora o terá como sua propriedade.

O processo envolve a verificação dos documentos do veículo, a autenticidade, as condições de conservação e outros detalhes, tanto no veículo em si e seus sistemas, quanto nos registros do proprietário atual.

Se todos os itens forem aprovados na vistoria, garantindo o bom estado do veículo, será enfim emitido o laudo de vistoria do consórcio. Esse documento é essencial, porque o carro só poderá ser negociado e o consórcio do automóvel contemplado através do laudo de vistoria. 

Qual a validade do laudo de vistoria do consórcio? 

Esse laudo fornece um prazo de 30 a 60 dias, na maioria dos casos, para que a administradora do consórcio realize a compra do carro.

Depois de dar entrada no laudo de vistoria, o processo deve ser realizado nesse período, ou ele estará vencido e será preciso um novo procedimento, com a solicitação de uma nova vistoria. Isso garante que o veículo esteja realmente em boas condições de funcionamento e segurança ao ser transferido para o novo proprietário. A administradora também irá requisitar esse laudo para garantir a melhor transação possível, já que isso garante que o consorciado não se arrependa da compra após a aquisição.

E se o laudo não for aprovado? 

Nesse caso, o procedimento levará mais tempo, mas é simples: basta solicitar uma nova avaliação do veículo em até 30 dias e uma nova vistoria de consórcio será marcada para que haja uma segunda tentativa de validar o laudo. Assim, o consorciado poderá ser contemplado em seu tão sonhado consórcio.

Deixar uma resposta