Pular para o conteúdo
Início » Caixa faz pagamento para saques esquecidos no FGTS e PIS/PASEP

Caixa faz pagamento para saques esquecidos no FGTS e PIS/PASEP

Caixa Econômica Federal faz pagamento para saques esquecidos no FGTS e PIS/PASEP. Os valores são referentes a quatro tipos de saques, liberados em momento anterior e deixados pelos trabalhadores que recebem agora a chance de retirar as quantias.

Os saques esquecidos do FGTS e PIS/PASEP se trata de valores do abono salarial ano-base 2019, abono salarial ano-base 2020, cotas do Fundo PIS/PASEP e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o FGTS. Os trabalhadores interessados podem verificar se existem saldos referentes aos pagamentos em suas contas.

Dinheiro esquecido do PIS/PASEP

Os pagamentos para saques esquecidos do PIS/PASEP podem ser três, dois de abonos salariais e um de cotas do fundo. A seguir, veja como receber cada um deles: 

Abono salarial 2019– De acordo com dados do Governo Federal, são cerca de 320 mil trabalhadores que não realizaram o saque do abono. Ao total, são R$ 208 milhões não resgatados. A liberação para a retirada iniciou no dia  31 de março e pode ser feita até o dia 29 de dezembro. 

Para ter acesso ao saque, o trabalhador precisa:

  • Estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração mensal de em média dois salários mínimos durante 2019, ano-base do abono em questão;
  • Ter realizado atividade remunerada pelo tempo mínimo de 30 dias, sendo eles consecutivos ou não, no ano-base;
  • Ter os dados atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.
  • Para solicitar o benefício, o trabalhador pode ir até uma das agências do Ministério do Trabalho e Previdência, ou se preferir, pode fazer o requerimento através da central Alô Trabalhador, pelo telefone 158. Pelo e-mail [email protected], substituindo as letras ‘uf’ pela sigla do estado em que reside.  Pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital (CTPS), ou via Portal Gov.br.

Abono salarial 2020- Segundo informações do Ministério do Trabalho e Previdência, no momento, cerca de 478.724 trabalhadores brasileiros ainda não sacaram o abono do ano-base 2020. Os trabalhadores possuem um total de R$ 438 milhões para serem sacados.

Para ter acesso ao saque, o trabalhador precisa: 

  • Estar cadastrado no PIS/Pasep ou no CNIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter trabalhado durante, um tempo mínimo de 30 dias no ano de 2020 para pessoa jurídica;
  • Ter recebido um valor médio de até dois salários mínimos mensais no período trabalhado no ano-base;
  • Ter os dados corretamente informados pelo empregador (Pessoa Jurídica/Governo) na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial de 2020, ano-base.

consulta do PIS/PASEP esquecido pode ser feita por meio da Carteira de Trabalho Digital ou através do portal Gov.br.